Significados das Mandalas Celtas

Podemos notar claramente na cultura celta, o hábito de fazerem decoração em artefatos, com imagens em espiral, volutas e desenhos geométricos. Encontramos também a arte celta em iluminaras medievais, no folclore da Europa noroeste, nas canções e etc.

Os textos, que, aliás, surgiu com notável atraso, era dito como algo místico, o qual apenas sacerdotes o dominam, as celebridades druidas. Anteriormente, a cultura era transmitida somente via oral, razão pela qual bastante coisa que temos conhecimento atualmente é apenas uma pequena parcela da contribuição total deste povo para a civilização.

O Que os Símbolos Significam

Significados das Mandalas Celtas
  • Nós Celtas

Temos o mínimo de informação sobre os nós e de sua verdadeira simbologia em consideração em todos os modelos de dobradura. A conclusão que podemos chegar é que os celtas transmitiam com esse modelo de arte a mensagem de que absolutamente tudo está conectado, entrelaçado e o desenvolvimento do todo ocorre simultaneamente, com todos envolvidos.

  • Pentagrama

Simboliza o velho pagão que mistura a mística do ser humano ideal (divina proporção) e se encontra amplamente conectado a Vênus e aos 4 elementos.

  • Anel Claddagh

Este está envolto a uma lenda que conta o seguinte:

“Em meados do século XVI um garoto apaixonado de Galway, de nome Richard Joyce acabou preso por piratas. Com o pensamento sempre em sua amada, ele desenhou um anel a fim de demonstrar os seus sentimentos. O desenho era um coração, como manifestação do amor, uma coroa representando a lealdade e em mãos, como amizade.

No seu retorno, após passados 5 anos, ficou surpreso ao receber a notícia de que ela não tinha arrumado outro amante, e então lhe deu anel que havia desenha de presete.

O claddagh logo se tornou um indispensável presente de casamento desde então.”

  • Cruz Celta

De tempos mais remotos que o Cristianismo, a cruz era uma das mais importantes maneiras de manifestação artísticas na cultura celta. Nela encontramos um círculo em sua base, representando a unicidade e o ciclo eterno. É comum depararmos em locais celtas da Irlanda e Grã Bretanha, cruzes entralhas nas rochas.

Boa parte desses artefatos foram elaborados antes do século VII, contendo várias escritas com runas.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.