Orgonite

Dicas Sobre Orgonites

Adoro lugares onde podemos ver vários orgonites espalhados pelos jardins da vizinhança. É magnífico poder fazer troca de energia entre você e essas maravilhosas pedras de cura, melhor ainda quanto temos um pingente do símbolo Cho Ku Rei pendurado no pescoço.

Tudo isso fica ainda mais intenso quando você está estudando sobre as orgonites e encontra umas peças realmente maravilhosas, que rapidamente atraiam a sua atenção, com cores fortes, transmitindo várias vibrações positivas e repletas de brilho.

Outra coisa que me fascina de montão é ficar apreciando as fotos de peças bem elaboradas e virtuosas dessa bela resina, é possível sentir a vibração positiva de sua energia mesmo pela foto.

Quando você decora o seu ambiente de trabalho com essas maravilhas, rapidamente sente como o ambiente se torna mais leve e suas ideias fluem naturalmente, o trabalho se torna prazeroso e você, claro, mais feliz em todos os sentidos.

Mais um dos vários fatos interessantes sobre as orgonites, são os estados que a resina transmite, a qual possui uma estreita relação com os 5 elementos que conhecemos: terra, fogo, água, ar e éter.

Quero compartilhar com você a relação dos cinco elementos, a forma de vivenciar tudo que está ao ser redor, desde um cristal até um fóssil ou resina que colore em seu corpo, você está utilizando suas propriedades.

Você vai perceber o surgimento de uma profunda conexão entre o seu Eu Interior e as Orgonites, como consequência, muito provavelmente os seus estudos sobre o assunto também irão se intensificar.

dicas sobre orgonites

Fogo: toda a resina precisa de alta temperatura para moldar suas propriedades a qualquer uso;
Terra: as orgonites precisam possui um cristal em seu interior.
Água: a resina se encontra em estado líquido, antes de passar para o estado sólido.
Ar: quando você está produzindo a sua orgonite, vai precisar seca-la como o ar.
Éter: talvez o elemento primordial da orgonite, pois sua principal função é transmutar a energia do local e das pessoas.

O éter está também intimamente ligado a energia e as propriedades internas do orgonite, como a limalha, ferro, espirais de cobre, jumbo, cristais, etc. Espero com este pequeno artigo ter contribuído de alguma forma com você.

Caso você tenha interesse em se aprofundar mais sobre orgonites e até mesmo aprender a produzir os seus, elaborei um artigo aqui mesmo nesta categoria do site mostrando como você pode ter acesso ainda hoje ao e-book completo onde tem tudo que você precisa saber.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.